DEMUTRAN recebe veículo que seria vendido como sucata

A prefeitura de Engenheiro Coelho, através da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito, entregou para o Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN), um veículo estava fora de uso há cerca de 3 anos e seria vendido como sucata.

A viatura, uma caminhonete S10, 2013, estava abandonado na sede da Guarda Municipal e havia sido classificada como sucata pela administração anterior. O veículo estava sem bateria, com os pneus desgastados, a pintura danificada, tapeçaria destruída, com o sistema de iluminação de emergência danificado, sem equipamento de comunicação, entre outros danos.

O secretario da pasta, Cap. Ezequiel da Silva, ao assumir a secretaria, informou o prefeito, Dr. Zeedivaldo, a situação das viaturas disponíveis para o trabalho da secretaria. Inclusive, a situação da caminhonete S10.

Com a política de economia de dinheiro e o propósito de melhorar a gestão dos recursos públicos, Dr. Zeedivaldo determinou que fosse feito uma avaliação e um levantamento sobre a possibilidade de realizar uma reforma na viatura.

A caminhonete foi levada para uma oficina e os valores para a reforma foram levantados. A administração chegou à conclusão de que o investimento para que a viatura voltasse a servir a população seria em torno de 20% de um veículo novo.

A partir da autorização do prefeito, os serviços começaram a ser executados e a viatura voltou a ativa. O veículo foi entregue para o DEMUTRAN e já está servindo a população coelhense.
“A entrega desse carro, hoje, é mais um exemplo do trabalho que estamos fazendo na cidade. Um carro que estava abandonado, seria vendido como sucata, teve um investimento relativamente baixo e voltou a atender a população. É com esse pensamento, de gerir da melhor forma o dinheiro do povo, que nós trabalhamos”, afirmou o prefeito.