Meio ambiente realiza poda corretiva em árvores para evitar quedas

Uma das árvores que será podado por risco de queda

A Prefeitura de Engenheiro Coelho, através da Diretoria do Meio Ambiente, realiza nesta semana, entre os dias 15 e 19 de março, a poda corretiva de árvores em toda a cidade. Além da poda corretiva, serão executados o serviço de corte e substituição de algumas árvores. O trabalho vai ser realizado com o apoio da Defesa Civil e da Diretoria de Transportes e Serviços, que vai realizar a coleta dos galhos em até 48h após o serviço.

Em algumas ruas, será necessário a intervenção do departamento de trânsito para a realização dos trabalhos. Os desvios serão sinalizados e as rotas de desvios informadas.

Segundo o Diretor de Meio Ambiente, Rossard Oliveira, todo o serviço foi planejado de forma técnica, seguindo o que orienta a legislação. Rossard também faz um alerta, “o corte ou a poda de árvores nativas e ou frutíferas, sem autorização, estão regulamentos pela lei federal 9.605/98, sendo que o infrator estará incorrendo em crime ambiental ficando sujeito a aplicação imediata de pena restritiva de direitos ou multa.”

Rossard também orienta que, “caso exista alguma demanda emergencial, o munícipe pode realizar a solicitação dos serviços pela Diretoria do Meio Ambiente através do telefone 3857-9656”.

Rede elétrica
Para a poda corretiva em árvores que estejam tocando a fiação da rede elétrica, a Diretoria do Meio Ambiente informa que já está em contato com as distribuidoras de energia que atendem a cidade. Um cadastramento para a realização da poda está sendo realizado e a previsão é que no mês de maio este trabalho seja executado.

Para a poda corretiva na estrada vicinal Pr. Walter Boger, Rossard afirma que já está em contato com a concessionária responsável pela rodovia e o serviço será realizado após as chuvas do mês de março.

Arborização e paisagismo
A diretoria do meio ambiente também informou que em breve será iniciado o projeto de arborização e paisagismo na cidade. Este trabalho será executado durante os próximos anos, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população de Engenheiro Coelho, promovendo um visual cênico agradável e uma melhor qualidade do ar e do clima de nossa cidade.

Rossard finaliza com o lema da diretoria do meio ambiente para os próximos anos: “Engenheiro Coelho cidade amiga do Meio Ambiente”.

Prefeito envia Projeto de Lei (PL) para triplicar repasse mensal para a APAE

Representantes da APAE estiveram com o prefeito para anúncio do PL

O Prefeito de Engenheiro Coelho, Dr. Zeedivaldo Alves de Miranda, encaminhou um Projeto de Lei (PL), para votação dos vereadores, que triplica o valor do repasse para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), da cidade. Atualmente, o valor repassado à entidade, que presta um serviço relevante a população, é de R$ 5 mil. Com a aprovação do PL, o valor passará para R$ 15 mil ao mês.

A partir de um pedido, feito pela presidente do Fundo Social de Solidariedade, a primeira-dama, Ana Paula, o prefeito encaminhou o pedido para a realização de um estudo de viabilidade técnica e financeira. Com o aval positivo das áreas técnicas, o departamento jurídico deu início a redação do PL.

Desde o início do mandado, Dr. Zeedivaldo vem se esforçando na melhoria dos gastos públicos. O aumento do valor do repasse a APAE só será possível depois de vários ajustes feitos pela atual gestão no departamento financeiro. No caso da APAE, há sete anos a prefeitura municipal não fazia nenhum reajuste no valor do auxilio.

Na última semana, o prefeito realizou uma audiência com representantes da associação para apresentar o Projeto de Lei e informar que enviaria para aprovação dos vereadores. Somente após a aprovação do PL que o repasse sofrerá o reajuste.

Dr. Zeedivaldo encaminha PL para reajustar valor de repasse para a APAE

Além do repasse financeiro, a prefeitura contribui com a APAE fornecendo funcionários. No total, são sete profissionais cedidos pela prefeitura para a associação, sendo três professoras, dois motoristas e duas auxiliares de serviços gerais.

Agora o projeto segue para votação dos vereadores. A votação está prevista para acontecer na próxima sessão ordinária da Câmara, que ocorre na segunda-feira (8).

“Creio que os vereadores também acreditam na importância do trabalho realizado pela APAE. Sendo assim, torço para que os vereadores aprovem de forma unânime o reajuste desse repasse, que está congelado há sete anos. A APAE merece o nosso reconhecimento e nosso apoio”, completou o prefeito.