Palestra encerra comemoração ao Dia Internacional da Mulher

No mês em que é comemorado o dia internacional da mulher, o Fundo Social de Solidariedade e a Secretaria de Ação Social realizaram uma palestra com o tema: “Paixão ou obrigação”. No evento, estiveram presentes as mulheres que são integrantes do programa renda cidadã e do Grupo da Melhor Idade “Alegria de Viver”.

A Primeira Dama e Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Daniela Forner Franco, disse que ficou surpresa com a quantidade de pessoas que foram ao evento, “Nós ficamos apreensivas pensando que pelo horário talvez não viesse muita gente, mas pelo contrário, estava maravilhoso. É muito gratificante ver que as pessoas estão felizes e que o nosso esforço está valendo a pena”.

O evento, que começou às 15h, teve como palestrante a médica Maria Luiza Tinoco, que falou sobre a importância da mulher se amar e amar aos outros e que só o amor pode transformar a sociedade atual, “As pessoas precisam amar, nós estamos esquecendo que só o afeito incondicional pode todas as coisas. Se todos nós procurássemos multiplicar esse sentimento que é tão lindo, tenho certeza que nossa sociedade estaria bem diferente”, ressaltou.

Maria Luiza disse ainda que, ao escolher o tema “Paixão ou Obrigação”, quis deixar a mensagem que só a paixão não é fundamental para construir o alicerce de um verdadeiro relacionamento familiar, que é preciso entrega e doação, “Mulheres não tenham medo de viver intensamente a vida, ame seu marido, seu filho, não fique receosa quanto o que pode acontecer no futuro, o que importa é o agora, se arrisque”.

O evento contou a presença de cento e vinte mulheres, além das Secretárias Cleide Franco Cruz (Educação) e Ana Clara Antônio (Ação Social) e das equipes do Fundo Social de Solidariedade, do CRAS, da Escola de Geração de Renda, do Projeto Educar e do Conselho Tutelar. Após o bate papo, pizzas foram servidas.

Fonte: Prefeitura de Engenheiro Coelho – Departamento de Relações Públicas