Engenheiro Coelho segue decreto estadual e entra na ‘Fase Vermelha’

(foto: Assessoria de Imprensa) A decisão foi tomada pelo prefeito, Dr. Zeedivaldo, após consultar as áreas técnicas e jurídicas da prefeitura

A Prefeitura de Engenheiro Coelho informa a população que seguirá o Decreto Estadual, que determina o início da Fase Vermelha do Plano SP a partir da 0h de sábado (6). A decisão foi tomada pelo prefeito, Dr. Zeedivaldo, após consultar as áreas técnicas e jurídicas da prefeitura.

“Essa é uma decisão muito difícil que tive que tomar. Entendo os pedidos e as preocupações de todos os setores. Porém, o momento atual é de muita preocupação”, disse o prefeito.

O prefeito também levou em consideração o número de leitos disponível em toda a região, que atendem a população da cidade. Limeira, por exemplo, que recebe os pacientes de Engenheiro Coelho, está com o número de leitos hospitalares em situação crítica. Caso o sistema limeirense entre em colapso, os pacientes da cidade terão que ser transferidos para locais mais distantes.

De acordo com o Plano SP (https://www.saopaulo.sp.gov.br/planosp/), a fase vermelha só permite funcionamento normal de serviços essenciais como indústrias, escolas, bancos, lotéricas, serviços de saúde e de segurança públicos e privados, construção civil, farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias, hotelaria e transporte público ou por aplicativo, entre outros.

Diferente do Decreto Estadual, ficam proibidas as feiras livres que acontecem no fim de semana na cidade.

Já os comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e pedidos por telefone ou internet. Academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, lojas de rua, concessionárias, escritórios e parques deverão ficar totalmente fechados ao público.

Os serviços essenciais precisam cumprir protocolos sanitários rígidos, como fornecimento de álcool em gel, aferição de temperatura, ventilação de ambientes, controle de fluxo de público e horário diferenciado para abertura e fechamento.

O decreto estadual também determina o toque de restrição de circulação, que estará em vigor a partir das 20h em todas as regiões do estado, com recomendação para circulação restrita em vias públicas e fiscalização ampliada até as 5h.

Decreto Municipal – 37/2021